segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Se Afogando em Justiça Divina

Havia uma piscina e uma criança. Devia ter uns quatro ou cinco anos - não a piscina, mas a criança. Como é extremamente perigoso de acontecer nessas situações, a criança estava se afogando.

Ela se debatia. Tentava nadar, mas não conseguia, tentava gritar, mas só conseguia engolir mais água. Aos poucos, suas forças iam se acabando. Seu fim estava próximo.

Do lado de fora da piscina, quatro homens, incluindo o pai da criança, assistiam à cena sem fazer nada. Eles tomavam coquetéis sentados na mesa sob um guarda-sol, e discutiam calmamente os motivos que os levavam à passividade.

-Eu até poderia interferir – disse o primeiro – mas não tenho obrigação. Veja bem, eu não tenho nada a ver com isso. Eu não empurrei a criança pra água, ela entrou por seus próprios meios. Não tenho responsabilidade nenhuma pelo que está acontecendo com ela. Porque querem que eu resolva todos os problemas do mundo?

O segundo homem foi um pouco mais condescendente:

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Big Brother, Hipocrisia e Liberdade de Expressão

Esta postagem é um comentário sobre o meu vídeo "Big Brother, Alienação". Caso você não tenha assistido, é só clicar na imagem aqui do lado pra ver, e depois continuar a leitura.

Este vídeo recebeu algumas críticas bem recorrentes principalmente sobre minha coerência e sobre liberdade de expressão, e embora eu quisesse comentá-las, achei que seria enjoativo fazer outro vídeo só pra isso. É Big Brother demais no canal pro meu gosto :)

Então vou fazê-lo aqui. Se você tiver paciência pra ler, ótimo, siga em frente.