terça-feira, 5 de julho de 2011

Facebook: a ditadura dos óculos cor-de-rosa

Redes sociais são um bicho esquisito, com identidade própria. Enquanto o Twitter ganhou o status de lugar favorito pra se  fazer protestos, "xingar muito" e coisa do tipo, o Facebook aparentemente seguiu o caminho exatamente oposto - virou a rede das imagens fofuxinhas, frases românticas e adoração geral de tudo e todos.

Não que positividade seja essencialmente uma coisa ruim - em doses moderadas, espanta o estresse, deixa a vida menos azeda, nos faz pessoas geralmente mais agradáveis e... bem... positivas.

Mas como quase tudo na vida (tiros da testa são uma notável exceção), o problema está no excesso. Um pouco de positividade é legal e faz bem, mas positividade demais te transforma num bobo alegre, inerte, passivo, ingênuo - um autêntico trouxa.


Aparentemente, o Facebook está inundado de pessoas assim. Seja postando pensamentos "profundos" de Clarice Lispector a Ana Maria Braga, seja publicando imagens motivacionais com muitos pores-do-sol e bebês bonitinhos, parece que pra fazer parte dessa rede você é obrigado a enxergar o mundo com óculos cor-de-rosa, ver campos floridos pra todo lado e acordar todos os dias cantarolando canções de amor enquanto vai pro trabalho.

Poste alguma frase romântica boboca e descaradamente mentirosa do tipo "o mundo é lindo e as pessoas são felizes", e você tem instantaneamente uma inundação de curtidas e recepção calorosa nos comentários.

E o pior de tudo é que essa imensa corrente positiva acaba criando um clima desconfortável pra quem quer responder a frase com alguma migalha de racionalidade ou senso crítico. É quase como se você fosse proibido de contestar frases floridas.

"Erro: Não foi possível discordar dessa frase. Favor postar um elogio."

Então, meus caros amiguinhos floridos do Facebook, fica aqui um desafio do tio Clarion. Da próxima vez que virem uma frase florida e uma visão de mundo romantizada no seu mural, antes de sair correndo pra clicar no botão "curtir" só porque achou bonitinho, faça uma análise séria da frase que está lendo. Pense, conteste, coloque seu cérebro pra trabalhar e reflita se aquela frase fofuxa realmente representa a verdade e, depois de pensar, crie a coragem para postar um comentário crítico com sua análise.

Pode parecer pura rabugice - e muitas vezes é - mas visões floridas de mundo, apesar de fazerem bem para o ego, só servem pra te limitar como ser humano. Aprenda a enxergar tudo com senso crítico, a contestar o status quo, a não acreditar em qualquer coisa só porque o mundo cor-de-rosa parece mais agradável que a vida real.

Lembre-se que, enquanto aceitar mentiras coloridas pode te fornecer conforto sentimental imediato, no longo prazo só serve pra te transformar numa marionete alienada, num eterno conformado. O senso crítico, a capacidade de contestação, a insatisfação e o não-conformismo é que são os verdadeiros motores do progresso humano.

Um comentário:

  1. É isso ai, não sou usuário de redes sociais como: twitter, facebook, orkut ou tumblr, mas como você disse, esse "overflow" de frases, textos, imagens com sentido puramente motivacional acaba doutrinando os seres que a isso se submeteu em eternos conformados e hipócritas. Belo texto.

    ResponderExcluir