sábado, 19 de março de 2011

Blogueiros furiosos e suas seções de comentários

Uma das coisas mais divertidas de se navegar por blogs e sites de opinião é ver como uma grande quantidade dos blogueiros ou filósofos de botequim têm dificuldade em lidar com seções de comentários.

Você vê de tudo - brigas furiosas, mensagens apagadas aos montes, egos feridos, mimimis e similares. Já existem milhares de posts explicando e descrevendo como os comentaristas de blog não sabem fazer comentários de forma civilizada, como são trolls e crianças e blablabla.

Mas e o outro lado da moeda? Não são só os postadores de comentários que são trolls, infantis e ignorantes - muitas vezes são os próprios autores dos blogs que não sabem ou não aguentam lidar com críticas e comentários negativos, e acabam dando um showzinho à parte. Então se você é cheio de coisinhas e tem mais regras que visitantes na sua seção de comentários, esse post é pra você!



Que tal começar pelo óbvio?

Saber receber críticas é essencial se você tem um blog. Ou pelo menos, se você quer ter uma seção de comentários - afinal de contas, não sei se você sabe mas o seu serviço de blog favorito provavelmente tem uma opção de desabilitar comentários, e transformar seu blog num outdoor ambulante. Mas se você faz questão de possuir uma seção de comentários no seu blog, não seja covarde! Críticas fazem parte de qualquer trabalho intelectual no universo observável, e você precisa aprender a lidar com elas.

Acredite, por mais que a sua mamãezinha diga o contrário, você não é o maior gênio da história da humanidade e gente muito mais inteligente que você, como Einstein, Darwin e até mesmo o doutor House já foram criticados! Ficar moderando os comentários e publicando só os elogios não é coisa de homem(*). Se você tem a droga do blog, não venha com frescurinha de moderar comentários.

E pior ainda é quando o blogueiro tem umas regrinhas de "política de comentários" e vem com aquele papo furado pseudo intelectual de "crítica construtiva". Esse é o blogueiro mais desonesto ainda, porque além de moderar os comentários, ele não quer admitir que é um aspirante a ditadorzinho de garagem que não sabe ser contrariado, ele ainda quer fazer parecer que ele está certo!

Quem decide se uma crítica foi construtiva ou não? Você? Ah tá...  Então seja honesto e admita a verdade! Esse papinho de crítica construtiva é só um jeitinho maroto de dizer que você só vai publicar as críticas que te agradarem, e ainda parecer que está sendo ético e responsável.

E por falar em ditadorzinho de garagem, qual o seu fucking problema com comentários anônimos? Você é policial por acaso? Vai sair pedindo identidade e CPF dos comentaristas do seu blog? O argumento de alguém é mais ou menos importante se ele tem um nick e um avatar ao lado? Ou você vai vir  com mais um papinho besta de falar que o comentarista tem que ter coragem de "mostrar a cara"(mesmo sabendo que você não tem o menor controle se o cara vai usar um nick/avatar verdadeiros)?

E vou te contar um segredo: A menos que seu blog seja um dos tops do Brasil e você tenha sérios problemas com tráfego, proibir comentários anônimos é uma ótima maneira de espantar pessoas do seu blog. Veja este próprio por exemplo: o post mais polêmico do blog, sobre casais com ou sem filhos, teve até hoje 139 comentários, dos quais nada menos que 107 foram anônimos.

A triste realidade é que logar uma conta pra poder comentar é chato, dá trabalho e, acredite ou não, seu blog não é importante o suficiente pras pessoas se darem a esse trabalho. Ao se deparar com esse obstáculo, a maioria dos comentaristas vai simplesmente fechar a janela e partir pro próximo blog.

E por falar em obstáculo, só existe uma coisa mais eficiente pra espantar comentários que ter que fazer login...


Sim, o famigerado captcha.

Qual o seu problema? Seu blog é super popular e está inundado por bots postando spam? Ou você simplesmente achou que ele poderia um dia quem sabe por uma eventualidade ser alvo de um spam, e você é preguiçoso demais pra apagá-lo manualmente? Porque se for o segundo caso, pelo menos lembre-se que está jogando comentários na lata de lixo.






(*) no sentido humano da palavra, e não machista.

7 comentários:

  1. fala mal de captcha mas o seu tem também iauhauihuai

    ResponderExcluir
  2. Faça o que eu digo não faça o que eu faço :)

    Brincadeira, ele não aparece pra mim, achei que já tinha tirado há séculos LOL. Vou arrumar.

    ResponderExcluir
  3. Haha muito bom o post! Eu to planejando um blog tbm, até já deixei algumas postagens no rascunho e tal pra quando for lançado... Eu vou deixar qualquer pessoa comentar, não vou exigir nada de mais, não vou moderar os comentários e tal... Mas o que acha? Um dos posts que planejei é uma lista de coisas que me marcaram e tal, e no fim do post deixei bem claro que essa é MINHA opinião antes de começarem a xingar e falei pra colocarem a própria lista nos comentários e tal pra comparamos, discutirmos, relembrarmos etc etc. Espero não ser muito rude haha.

    ResponderExcluir
  4. Otimo post... não sei onde li isso, mas blogueiro com sindrome de popstar é dose...ja perdi a conta de quantas vezes os meus comentarios "trolls" foram censurados ou simplismente não publicados... esses caras acham q o Blog é a invenção do seculo e o pior, pensam q tem alguma relevancia, estão acostumados com o elogio facil, e não admitem de maneira nenhuma serem criticados hahahaha... cambada de cretinos.

    ResponderExcluir
  5. Essas dicas também servem para certos grandes portais. O site do maior jornal do país, por exemplo, possui uma política cretina e restritiva de censura prévia (e automática) baseada em palavras prédeterminadas(que proíbe até escrever o nome do dono)Isso me fez desistir completamente de querer comentar naquela joça...

    ResponderExcluir
  6. Guilherme Henrique30 de maio de 2011 06:00

    kkkk,, boa odeio capctha :D

    ResponderExcluir
  7. Uma das vantagens de ser blogueiro é o poder de deletar comentários idiotas. Coisa que não dá pra fazer na vida real. Cara como eu queria ter um botão de delete na vida real pra moderar críticas imbecis e comentários idiotas. Fala sério, você também não queria? rsrsrs
    Mutio boa a sua política de permitir comentario anonimo. Acho fantástico.
    Então porque não se dar o prazer de moderar o comentário? É no mínimo justo: cada um fala a besteira que quer e você que é dono do blog deleta se quiser. O blog é seu ora. Nada mais justo.

    ResponderExcluir