domingo, 20 de março de 2011

A maravilhosa harmonia perfeita da natureza

"Que passarinho maravilhoso!"
(O peixinho discorda)

O que antigamente já foi papo de bicho-grilo, ecochatos e outros tipos esquisitões, hoje está virando lugar comum.

Graças à nossa mídia globalizada e nossa insaciável necessidade de mitificar as coisas, basta dar dez passos por aí pra encontrar alguém falando sobre como a natureza é maravilhosa, harmônica, perfeita, fantástica, mãe acolhedora, etc, etc e et cætera.

Como nós humanos acabamos virando bichos urbanos, nosso distanciamento acabou nos fazendo enxergar a natureza de uma forma romantizada, e as mazelas da poluição e aquecimento global ajudaram mais ainda para popularizar discursos que santificam a vida selvagem. Acabamos tão bitolados que a "natureza" hoje em dia virou uma espécie de divindade, e atribuímos a ela todas as qualidades e perfeições que imaginamos nos deuses.

sábado, 19 de março de 2011

Blogueiros furiosos e suas seções de comentários

Uma das coisas mais divertidas de se navegar por blogs e sites de opinião é ver como uma grande quantidade dos blogueiros ou filósofos de botequim têm dificuldade em lidar com seções de comentários.

Você vê de tudo - brigas furiosas, mensagens apagadas aos montes, egos feridos, mimimis e similares. Já existem milhares de posts explicando e descrevendo como os comentaristas de blog não sabem fazer comentários de forma civilizada, como são trolls e crianças e blablabla.

Mas e o outro lado da moeda? Não são só os postadores de comentários que são trolls, infantis e ignorantes - muitas vezes são os próprios autores dos blogs que não sabem ou não aguentam lidar com críticas e comentários negativos, e acabam dando um showzinho à parte. Então se você é cheio de coisinhas e tem mais regras que visitantes na sua seção de comentários, esse post é pra você!

terça-feira, 15 de março de 2011

Todo mundo orando pelo japão agora!

sábado, 12 de março de 2011

Bom motorista, mau motorista


É impossível evitar - se você convive com um mínimo de pessoas commoners do sexo masculino, você fatalmente vai ter que conversar num pequeno círculo de assuntos de "machão": futebol, cerveja e outras drogas, quem deu porrada em quem, quem é a mais gostosa do BBB, e, eventualmente quando os outros assuntos esgotarem, vão comentar sobre quem dirige bem/mal.